terça-feira, outubro 04, 2011

Coração dividido

Mas porque é que nos últimos tempos toda a gente me pergunta "então, estás a gostar de Lisboa? E voltar para o Porto não é uma hipótese?". Logo agora que estou finalmente encontrei a "estabilidade" que preciso para estar bem. Estou feliz, tenho pessoas, tenho saídas, tenho sorrisos, só não tenho muito dinheiro, mas isso agora não interessa nada.

Nestes dois primeiros dias da semana perguntaram isto quatro pessoas, e eu respondi  sempre o mesmo: "sim, estou bem, finalmente." Deixa-me desconfortável não saber/conseguir responder à pergunta "e voltar ao Porto não é uma hipótese?". Desde que me mudei para cá que sempre quis voltar para o Porto, via esta mudança como alto provisório e, mais cedo ou mais tarde, queria mesmo voltar. Mas agora, claro que quero voltar para a minha cidade, mas já não é tão urgente como antes... já não me importo se ficar em Lisboa a viver, ficaria triste se tivesse que sair daqui e sinto que, ao pensar desta forma, estou a "trair" a minha casa, os meus amigos lá e tudo aquilo que eu defendia até há uns meses atrás.
É uma parvoíce, mas sinto-me mal por já não querer incondicionalmente voltar ao Porto... e o facto de as pessoas me terem perguntado isso mais frequentemente ainda piora.

Este fim-de-semana vêm cá uns amigos do Porto, os especiais, por causa da Moda Lisboa... e para mim é um sonho poder juntar o melhor das duas cidades numa só noite!


4 comentários:

cairs disse...

ainda bem! home is where the heart is, se agora está em Lisboa é em Lisboa que deves ficar, quando te disser para voltar ao Porto, segue-o ;) entretanto, vai curtindo esta cidade!

Just Me disse...

Segue o teu coração.

Mary Jane disse...

Foi com um sorriso que ti hoje. Normalmente tenho medo de grandes mudanças, mas talvez até me pudesse dar bem também com uma!

dayaday disse...

Oh. Não podes ficar assim! Eu tambem não quero sair de onde estou. Já tenho amigos e sinto-me bem aqui! As pessoas têm que compreender!

Beijinho, da dayaday*