terça-feira, fevereiro 07, 2012

E em clima de arrumações que estou, decidi remexer em algumas caixas que aqui tenho no quarto com recuerdos passados. 
Encontrei um papel com um poema que me foi enviado em Junho de 2004 por uma pessoa que foi muito importante para mim e que, entretanto, perdi contacto com o tempo. Não sei se ele retirou estas palavras de uma música ou se são de algum escritor, nessa altura estava a dar os meus primeiros passos na Internet e os emails que troquei com ele foram os primeiros da minha vida. 
Foi a primeira vez que tinha alguém que se declarava a mim desta forma ,que me conquistou e foi correspondido. O poema é este:


"mientras haya unos ojos que refleten los ojos que los miran;
mientras responda el labio suspirando al labio que suspira;
mientras sentirse puedan en un beso dos almas confundidas;
mientras exista una mujer hermosa, habrá poesia!"


Depois de ler isto e outras coisas que ele me escreveu que eu, sabiamente, transcrevi para papel, tive um momento de nostalgia ao recordar o quanto ele foi importante para mim, os momentos que passamos, os concertos, o meu aniversário, tanta coisa... Começando logo pela forma cómica que nos conhecemos!

Facebook, I have a job for you!

5 comentários:

Junto à Janela disse...

Das coisas boas do facebook :)

Good luck, estou a torcer!

maybe disse...

já respondi ao email :)

espero que o encontres*

cairs disse...

bora lá babe! good things will come ;)

Cat disse...

O facebook é bom amigo nestas ocasiões :)

80nuncamais disse...

Gustavo Adolfo Bécquer escreveu esse e outros versos muito belos. Nasceu em 1836 e morreu em 1870. Espanhol.